Tendência de moda: Pêlo Fake

pêlo fake

Os casacos e coletes de pêlo fake vieram para ficar! As peças caminham junto à tendência étnica e têm uma pegada hippie chic. O importânte na hora de usá-la é equilibrar o look, já que essas peças são muito volumosas. Evite tecidos e estampas que briguem pela atenção com ela. A aposta certeira é a calça cigarrete, que desce sequinha no corpo, e sem estampas.

PODE INVESTIR!

Se você tiver o corpo em formato pera – com quadris mais largos que os ombros – essas peças são ótimas opções para equilibrar as medidas. Os pêlos criam volume na parte de cima e o corpo fica mais harmônico. Se você tiver seios fartos e ombros largos, e ainda assim quiser apostar na tendência, prefira os coletes ou siga o truque: retire as etiquetas do forro e use o casaco do avesso. Assim, os pelos aparecem só como um detalhe, para modernizar o look.

VISTA POR BAIXO

Camisetas de malha, camisas e regatas básicas, são as melhores opções. Prefira as cores neutras, com estampas escuras ou lisas e sem muita textura. Na parte de baixo, opte pelas calças mais justas, que não criem muito contraste com a cor o casaco, ou meias-calças.

NOS PÉS

Invista nas chelsea boots (aquelas baixinhas que têm o elástico na lateral) ou nos creepers, que são mais modernos. Já se você fizer a linha glam, procure scarpins de salto. Quanto mais neutros eles forem, maiores as chances da produção ficar chique.

COMPLETE COM ACESSÓRIOS

Se você faz o tipo mignon, pode deixar o casaco ou colete aberto e passar um cinto fino na cintura, por cima dele. Já se você não quer marcar nada, opte por lenços ou colares no pescoço e muitas pulseiras para completar o visual boho. Se tiver coragem, um chapéu cai super bem, ainda mais nesse friozinho.

Esta entrada foi publicada em acessórios, bem estar, Dicas, Loja, moda, mulher, Novidade, Tendência. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>